Amigos tortos ou amigos q ñ tenho

image

Eles estão em toda parte
Nos rodeiam, sorriem e [até] falam conosco…
Gentis, podem ser! Mas profundos e interessados no q somos, pensamos [de fato!] e no q temos a dizer, tenho minhas dúvidas!
Eles ñ nos afastam,
Simplesmente ñ se aproximam…
…o suficiente…
São tortos porque amigos não são

Há uma lógica nisso,
É preciso escolher
Onde
E com quem
E como
E porque
E quando
Ser e Estar

Para saber que
Tem tortos que ficam pra sempre
Tem tortos que viram amigos
… tem amigos que ñ ficam,
Ou q se mostram tortos

E tudo vale porque
da vida
Só levamos
As experiências
E, talvez, futuros

Reencontros!

By Gi/nov15

Acerca de guerras, batalhas e lutas…

Chegando agora de uma destas batalhas do dia-☺dia: dia de ☔ e alguns loucos acionados por botões auto-programados (só pode!).
Confesso:
A fúria esteve ali,
a um passo da justiça.
Preferi a PAZ!

Será q venci?

by Gi/out2015

da #eUdOaVeSsO (14)

Você acredita no amor?

 

Quando se está em busca de respostas, lá vem a pergunta!

Um NÃO poderia ser UMA resposta POSSÍVEL; seja porque nos sentimos, por assim dizer, autossuficientes, seja pelos traumas da dor, da perda, do fracasso, da desilusão…

Mas o que faz pensar é que um SIM também poderia ser UMA resposta POSSÍVEL exatamente pelas mesmas razões.

20140110_160703

É que, alguns de nós, amadurecidos emocionalmente, reconhecemos.

Amar nada tem a ver com dividir  ou separar, mas sim com compartilhar, conjugar …..

Amar requer inteireza, individualidades plenas e autossuficientes.

E inteireza vem das muitas vivências e experiências,  que tanto o amor como também a dor  – ressignificada – podem trazer …

E se alguém, neste instante, te pedisse “você acredita no amor?”.

Qual seria a sua resposta possível?

Não?

Sim?

by Gi / Fev15

 

Alguém me contou ….

Estranho saber por quem

nem esteve lá,

nem viu, nem ouviu

uma linda pessoa brilhar

ao ver múltiplos corações

de múltiplos tamanhos e formas

em árvores …. pequenos frutos de amor!

Este foi um dia especial

que se desdobrou

em caminhos

que levaram a encontros

e, sem querer (?!),

a [muitos] desencontros ….

Estranho conhecer alguém

e sentir-se próxima a um tempo

e, logo depois, tão distante ….

É que amizade é pouco [ou nada!]

sem confiança ….

Me entristeceu o coração saber ….

sem, de fato, saber

como tudo aconteceu …

pois, quem poderia

[se quisesse] me contar,

nada disse!

by Gi (Jan/15)

“Te liga, lumbriga!”

E o diálogo [interno] começa assim: Se sou feliz?

Respondo: Sim, eu acho.

Mas quero saber: Por quê?

E segue a ‘voz’: Chove lá fora!

Fico esperando …. E?

Ouço: Mas pode não chover ….

……

Fico  sem entender.

Alguns instantes depois, penso: Mas o que isto tem a ver?

Resposta: Tudo!

……

Hein? Como assim?

…….

Vem a ´voz´ e me diz:

Corre não, deixa fluir, o tempo [sábio da vida] não pára, mas  vai dando pistas ….

…..

No celular uma mensagem. Meu olhar se fixa sem realmente ver ….

Escrevo o que acabei de ‘ouvir’  ….

E me ligo: Não há escolhas, há movimentos [circunstâncias, situações, condições] que temos que acompanhar e a cada momento

ir ajustando o leme …..

Prá ser feliz!

……………..

by Gi/Jan2015

 

 

 

 

 

 

fazendo [ainda] descobertas

2a feira

 

2a feira não é o segundo dia

é um segundo após o primeiro

que nos faz perceber

que tudo flui

que tudo continua

e que

SIM

nossas escolhas

seguem nos levando

exatamente prá onde

queremos

no segundo

depois

do primeiro.

by Gi

mar2014