da série #estóriaspracontar

No silêncio da madrugada

um sonho, talvez,

puf…. que nada!

Barulhada, caiu algo, alguém?

Gatuno tentando entrar?

Não!

Gatuno sorrateiramente 

saindo pela janela

espaço mínimo, quase entalado

eu agarrada no rabo dele 

e ele ‘encravado’ na soleira da janela 

……

Lutamos bravamente!

Venci!

Olhei o relógio: 3h25min a.m.

E o gatuno?

… dissimulado, com o olhar me dizia:

– Afinal de contas, o que foi que eu fiz?!

 

by Gi/Jan15

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s